Revista Closer é condenada por fotos com Kate Middleton de topless

AGÊNCIA ANSA

Londres – A justiça da França condenou hoje a revista semanal francesa Closer, que foi proibida de divulgar e distribuir as fotos da duquesa de Cambridge, Kate Middleton, de topless, segundo o jornal Le Figaro.

A revista deve entregar todas as fotos de Middleton dentro de 24 horas, além de pagar uma multa de 10 mil euros. Porém, a revista não será retirada de circulação.

Leia também:

A revista italiana Chi também divulgou as fotos, mas ainda não se sabe quais serão as ações tomadas pelo palácio de Buckingham. “Até o momento não temos nada a dizer”, afirmou um porta-voz do palácio.

O diretor do jornal irlandês Daily Star já havia sido demitido no começo da semana após divulgar as fotos da duquesa.

Kate Middleton foi flagrada fazendo topless em suas férias na Provença, região Sul da França.

AnsaLatina

Notícias Relacionadas