Índice de cheques sem fundos tem a terceira queda seguida

Marli Moreira
Agência Brasil

São Paulo – As devoluções de cheques por falta de fundos diminuíram, em agosto, pelo terceiro mês consecutivo, atingindo 1,97% do total de documentos compensados, segundo o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos. A taxa é menor do que a registrada em julho (2%) e maior do que a de agosto de 2011 (1,88%).

No acumulado de janeiro a agosto, o percentual ficou em 2,05%, também acima da variação constatada em igual período do ano passado (1,93%). Nos oito primeiros meses do ano, o estado de Roraima foi o que teve maior taxa de devolução (12,93%) e a menor ocorreu em São Paulo (1,51%). Por região, a Norte apresentou o maior percentual (4,41%) e o resultado mais baixo foi verificado no Sudeste (1,63%).

Na análise dos economistas da Serasa, a melhora do quadro em relação aos dois últimos meses é consequência de uma situação mais favorável no mercado para renegociar débitos e obter crédito com juros mais reduzidos. Eles destacam que, para ter acesso a esses serviços, o consumidor tem evitado dar cheques sem fundo.

Notícias Relacionadas