Atacante Souza é acusado de agredir mulher com pontapés e rasteira durante farra

Vítima levou pontapés nas costas, braços e pernas
Salvador – O atacante Souza, do Bahia, entrou para o noticiário policial nesta terça-feira (18). Uma mulher de nome Adriele Cerqueira, 22 anos, registrou queixa na 23ª Delegacia de Polícia, em Lauro de Freitas, acusando o jogador de agressão durante uma farra na casa do atacante do Bahia, em Vila do Atlântico, que contou com a participação também do goleiro Marcelo Lomba e do zagueiro Tite. A festa começou domingo à noite e só terminou na madrugada de hoje.

Adriele chegou à Delegacia na madrugada desta terça-feira. O delegado Joelson Reis, titular da 23ª delegacia, explixou que a mulher chegou bastante alterada ao local, recebeu uma Guia de Exame de Lesões, para confirmar a agressão, ”mas ela rasgou na delegacia, se recusando a fazer”, disse o delegado.

Ela exibiu vários hematonas no corpo e acusou Souza de tê-la agredida com uma rasteira e pontapés. “O Guia de Exame de Lesões é entregue à vítima para que ela possa realizar o exame de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica. Como ela rasgou, ela não chegou a fazer os exames. Vamos encaminhá-la novamente”, explicou o delegado Joelson.

De acordo com o delegado, Andriele afirmou, em depoimento, que já teve um rápido relacionamento com o atacante Souza. Segundo ela, no entanto, não há mais ligações sentimentais entre os dois. A jovem ainda explicou por que rasgou o Guia de Exame de Lesões no momento em que registrou a queixa e alegou que não queria se expor nem prejudicar outras pessoas. Joelson Reis afirmou que um novo Guia foi expedido para que Andriele possa realizar o exame de corpo de delito.

Adriele ficou de retornar à Delegacia no próximo dia 21, às 16h, para depor. Souza será intimado para depor. De acordo com informações no Boletim de Ocorrências, a vítima disse que estava em uma festa na casa do jogador, e durante a madrugada, teria acontecido uma briga. Eles foram para a rua do condomínio São Francisco, em Vilas, onde ficaram alterados.

Souza foi procurado pela imprensa, mas se recusou a falar sobre as acusações. O jogador confirmou ao delegado que deu uma festa em sua residência na noite de segunda-feira, mas a suposta vítima teria sido levada por um amigo. Ele negou ter agredido a mulher.

A polícia esteve presente na casa de Souza. Ocorrência foi resgristrada na 23ª Delegacia, em Lauro de Freitas.

Notícias Relacionadas