STF começa a julgar figurões do PT enrolados no mensalão do governo Lula

 José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino
José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino
CLÁUDIO HUMBERTO

Começa nesta segunda-feira (17) o julgamento do chamado “núcleo político” do escândalo do mensalão, considerado o maior da História, durante o governo Lula. A sessão coneça à tarde, quando o relator do caso, ministro Joaquim Barbosa, fará a leitura do seu voto sobre o item 6 da denúncia, que trata de corrupção passiva e ativa envolvendo a cúpula do governo Lula e deputados da base aliada.

São 23 réus, entre eles o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o então presidente do PT José Genoino, os deputados federais Pedro Henry (PP-MT) e Valdemar Costa Neto (PR-SP), além do delator do esquema, ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ).

A leitura do voto do relator deve tomar duas sessões de julgamento. Ainda nesta segunda, os dez ministros do STF vão decidir se farão sessão extra na quarta-feira pela manhã, para acelerar o julgamento. O pedido para ampliar os dias dedicados ao mensalão foi feito por Joaquim Barbosa. Já foram condenados até agora dez dos 37 réus do processo do mensalão. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas