Procurador da Justiça do Trabalho soma mais de R$ 82,6 mil em diárias

CLÁUDIO HUMBERTO

O procurador-geral da Justiça do Trabalho, Luís Camargo, acrescentou aos vencimentos mensais de R$ 25.388,10 uma pequena fortuna em diárias. Segundo o Portal da Transparência, durante o ano de 2011, ele recebeu R$ 39.011,36 em diárias, como sub-procurador e procurador-geral, a partir de agosto. Só em 2012, até esta semana, as diárias renderam mais R$ 43.598,97 a Camargo. No total, R$ 82.610,23.

Beleza de luta – O Ministério Público do Trabalho nada vê de anormal nas diárias do procurador-geral, que seriam produto de “lutas da sociedade brasileira”. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas