Quatro soldados da Otan são mortos na base afegã em que príncipe britânico presta serviço

Agência Lusa

Brasília – Um ataque contra o Camp Bastion, no Sul do Afeganistão, base onde presta serviço militar o príncipe Harry, da Grã-Bretanha, provocou a morte a quatro soldados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), segundo relatos de soldados que estavam no local.

Autoridades afegãs disseram que o tiroteio ocorreu na província de Zabul, mas a milícia islâmica negou  responsabilidade pelo ataque.

As mortes de hoje (16), um dia após dois soldados britânicos terem sido mortos num ataque semelhante no sul da província de Helmand, elevam para 51 o número de soldados ocidentais mortos pelos afegãos desde o início do ano.

De acordo com os militares, o príncipe Harry, terceiro na linha de sucessão ao trono britânico, nunca esteve em perigo, embora os talibãs tenham jurado matá-lo.

Notícias Relacionadas