Palmeiras segue sem técnico e faz clássico hoje contra o Conrinthians

São Paulo -Com ambições bastante distintas no Campeonato Brasileiro, Palmeiras e Corinthians fazem o clássico paulista do domingo, às 16h, no estádio do Pacaembu, pela 25ª rodada do nacional. Vice-lanterna com 20 pontos e cada vez mais próximo do rebaixamento para a Série B, a diretoria palmeirense sentiu a necessidade na alteração do comando e optou pela saída do técnico Luiz Felipe Scolari do cargo. Para o seu lugar, o clube ainda não definiu o substituto, mas terá o ex-jogador e atual treinador da base, Narciso, no banco de reservas. O alvinegro, por sua vez, segue utilizando o segundo turno da competição para preparar o time para o Mundial de Clubes no fim do ano. A equipe do Parque São Jorge é 9ª colocada, com 32 pontos.

A atual fase do Palmeiras é tão ruim que sequer foi capaz de segurar o técnico Felipão no cargo. O comandante saiu em comum acordo com a diretoria após os recentes resultados no nacional. O momento é tão complicado, que o elenco palmeirense não esconde a preocupação com o rumo da equipe. “É muito difícil, mas depende de nós. Deus queira que saiamos logo, porque estamos sofrendo demais. É muito difícil. Temos de mudar, porque estamos no Palmeiras, que é um clube grande e não merece estar nessa situação”, afirma o atacante argentino Hernán Barcos.

Sem técnico definido, o comandante da base e ex-atleta Narciso terá a missão de iniciar a reação alviverde. Mesmo sem experiência em equipes profissionais, o treinador levantou o troféu da Copa São Paulo de Futebol Júnior desse ano justamente pelo rival Corinthians. Para a partida, Narciso conta com o retorno do zagueiro Thiago Heleno e do volante João Vítor, que cumpriram suspensão automática.

Apesar de o rival passar por momento difícil no campeonato, o Corinthians espera um confronto complicado pela frente. Por isso, o técnico Tite deve escalar força máxima no dérbi. Porém, o treinador não poderá contar com o zagueiro Chicão, lesionado e com o lateral-direito Alessandro e o atacante Emerson Sheik, suspensos.

O técnico Tite prega respeito ao adversário, mas avisa que o Corinthians vem motivado. “É um campeonato à parte, mas com muito respeito. A gente tem se mobilizado, vai ser de novo com esse grau de dificuldade. Estamos com todos à disposição para fazer um bom jogo”, disse.

Ficha técnica

Palmeiras: Bruno; Corrêa (Artur), Thiago Heleno, Maurício Ramos e Juninho; Henrique, João Vítor, Tiago Real e Valdivia; Mazinho (Luan) e Barcos;
Técnico: Narciso.

Corinthians: Cássio; Guilherme Andrade (Edenilson), Paulo André, Wallace e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas e Danilo; Romarinho (Jorge Henrique) e Martinez.
Técnico: Tite.

Árbitro: Thiago Silva Egidio;
Assistentes: Vitor Carmona Metestaine e Rafael Ferreira da Silva;
Assistentes Adicionais: Marcelo Carvalho Van Gasse e Rogério Pablos Zanardo, ambos de São Paulo;
Quarto árbitro: Daniel Bernardes Serrano;
Local: Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo;
Data: dia 16 de setembro, às 16h.

Notícias Relacionadas