Corinthians vence clássico e afunda ainda mais o Palmeiras

Romarinho abriu o placar, foi comemorar em frente à torcida do Palmeiras e criou a maior confusão no clássico.
São Paulo – Palmeiras e Corinthians se enfrentaram no Dérbi do segundo turno do Campeonato Brasileiro neste domingo (16) e o Timão venceu a partida pelo placar de 2 a 0. O resultado mantém o Palmeiras com 20 pontos, na zona de rebaixamento, enquanto que o Timão, com 35, fica em nono.

Marcos Assunção lançou Luan na esquerda, e o atacante palmeirense foi para o chute, defendido por Cássio. Depois, Valdívia tentou colocar a bola na área, mas bateu mal na boa e deixou para o goleiro corintiano. O Timão tentava ir para cima, com o Verdão exercendo forte pressão.

Artur tentou cruzar a bola na área e Cássio fez nova defesa. Luan, aos 15, procurou o chute de longa distância e mandou para fora. Três minutos depois, Barcos venceu o defensor na briga pela bola, mas na hora do chute, foi travado pela zaga corintiana.

Danilo tentou cruzar a bola para Paulinho, mas o cabeceio do volante foi para fora. Valdívia respondeu em chute de fora da área, mas mandou por cima do gol.

Romarinho abriu o placar aos 21. Após erro da saída de bola de Henrique, Romarinho aproveitou e tentou o chute, que bateu na trave e entrou.

Luan acabou expulso aos 25 após desentendimento com Guilherme Andrade, deixando o Palmeiras com um a menos. Marcos Assunção tentou de falta e Cássio conseguiu tirar a bola. Barcos, aos 32, foi lançado, fintou Wallace, mas chutou a bola longe.

Artur, aos 34, recebeu de Barcos e tentou o chute, defendido por Cássio. João Vitor quase tentou completar para o gol pouco depois, mas não conseguiu. Marcos Assunção, aos 43, bateu a falta, Henrique desviou de cabeça, mas a bola bateu na trave e não entrou.

Romarinho teve a chance no começo e mandou para longe. Depois, Jorge Henrique se aproveitou de novo descuido defensivo palmeirense e tentou o chute, com Bruno defendendo.

O Corinthians aumentou o placar aos oito minutos, com Paulinho. Após outro erro de passe da defesa, Romarinho ficou com a bola, fez o passe para Danilo e cruzou para Paulinho, de cabeça, marcar.

Valdívia ganhou a bola, ganhou de dois e bateu por cima do gol. O Palmeiras tentava criar as chances de gol, mas não conseguia arriscar com perigo contra a meta de Cássio.

Henrique bateu falta aos 25 e mandou por cima do gol. Depois, Valdívia mandou de primeira para a defesa de Cássio. Aos 28, após troca de passes, Tiago Real deixou para Barcos chutar, para fora.

Valdívia, de cabeça, tentou cabecear bola ajeitada por Artur, mas a bola foi por cima do gol. Depois, o meia palmeirense arriscou o chute, mas sem sucesso. Obina, aos 40, foi lançado na área, mas bateu a bola para fora. Os minutos finais foram do Palmeiras tentando marcar o gol, mas sem sucesso.

O Palmeiras enfrenta o Figueirense fora de casa na próxima rodada. O Corinthians tem pela frente o Botafogo, no Rio de Janeiro.
Palmeiras 0 x 2 Corinthians
Local: Pacaembu, São Paulo (SP); Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (Sp)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Rogério Pablos Zanardo, ambos de São Paulo;; Assistentes Adicionais: Raphael Claus e Antônio Rogério Baptista do Prado

Palmeiras: Bruno; Artur, Corrêa (Tiago Real), Maurício Ramos e Juninho; Henrique, João Vítor (Márcio Araújo), Marcos Assunção (Obina) e Valdivia; Luan e Barcos;
Técnico: Narciso.

Corinthians: Cássio; Guilherme Andrade, Paulo André, Wallace e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas (Edenílson) e Danilo; Romarinho (Giovanni) e Martinez (Jorge Henrique).
Técnico: Tite.

Gol: Romarinho (COR) aos 21 do primeiro tempo, Paulinho (COR) aos 9 do segundo tempo

CA: Luan, Obina, Artur e Barcos(PAL); Guilherme Andrade, Ralf, Fábio Santos, Danilo, Cássio, Martínez e Romarinho (COR)

CV: Luan (PAL)

Notícias Relacionadas