Vagner Love recebe proposta de R$ 1,2 milhão por mês do CSKA

O Love de Vagner está à prova e com os dias contados. Com o peso da péssima campanha do Flamengo no Campeonato Brasileiro nas costas e a vida financeira em fase turbulenta, o atacante tem em mãos uma proposta do CSKA, da Rússia, e ele já não esconde o desejo de voltar em janeiro de 2013.

O CSKA acenou para Vagner Love com uma proposta salarial de 5,7 milhões de euros/ano — R$ 14,9 milhões, o que dá R$ 1,2 milhão/mês. Mais do que isso, o presidente do clube russo já admite dar 5 milhões de euros ao Flamengo que, no início do ano, repatriou o camisa 99 por 10 milhões de euros. Como o Rubro-negro já pagou cerca de 4 milhões euros, os russos abrem mão do valor restante e ainda pagam US$ 5 milhões.

Love está seduzido. Recentemente, ele fez investimentos de risco no Rio de Janeiro, o que lhe causa problemas. Love comprou uma casa por R$ 7 milhões, que, na visão de quem trabalha junto a ele, valia R$ 4 milhões. Estrategicamente, o atacante vem levantando a bandeira da presidente Patricia Amorim, seja na eleição do clube ou para vereadora. O braço direito de Vagner Love, conhecido como Luciano, trabalha — e dá as cartas — no comitê de Patricia Amorim.

— Ela tenta fazer de tudo, é uma pessoa honesta. Pessoas ruins passaram pelo clube e ninguém pediu impeachment. De repente é porque é mulher. Se estou aqui é por causa dela, e também do Marcos Braz (vice de futebol em 2009/10). Sou amigo pessoal da Patricia. Falei que tamo junto e misturado. Ela não joga, nós que temos que reverter essa situação — disse. (Extra)

Notícias Relacionadas