Kate Middleton é flagrada de topless na França

Capa da revista Closer com Kate Midleton  fazendo topless (Reprodução)
Capa da revista Closer com Kate Midleton fazendo topless
A revista francesa Closer publicou imagens de Kate Middleton em topless que prometem dar que falar. As fotos foram feitas durante férias que o príncipe William e Kate passaram no Château d’Autet, propriedade do visconde David Linley, sobrinho da rainha Elizabeth II, na região de Provença, França.

A Closer, especializada em celebridades, havia prometido divulgar as fotos e até anunciou o dia. As imagens da mulher do príncipe William com os seios à mostra chegaram às bancas francesas nesta sexta-feira (14).

Leia também:

Com as fotos no sul da França, durante uma segunda lua-de-mel do casal, tem início mais um escândalo da família real britânica, alarmada recentemente pelas fotos em que o príncipe Harry aparece nu durante uma farra em um hotel de Las Vegas, nos Estados Unidos.

Nas fotos publicadas em cinco páginas, a duquesa de Cambridge aparece de topless à beira da piscina e abaixada enquanto William passa bronzeador nas nádegas da mulher. A editora da Closer, Laurence Pieau, afirmou no Twitter que Kate decidiu tirar a parte de cima do biquíni para “eliminar marcas (de sutiã) ao se bronzear”.

O Palácio St. James divulgou comunicado oficial no qual revela que os duques de Cambridge mostraram-se “extremamente tristes” por verem “invadida a sua privacidade de forma grotesca e totalmente imperdoável”.

De acordo com a nota, “o sucedido relembra os piores excessos cometidos pela imprensa e os paparazzi durante a vida de Diana, princesa de Gales, e incomoda ainda mais o duque e a duquesa por esse motivo. As Suas Altezas Reais esperavam ter privacidade nesta casa isolada”.

A Família Real informou que, apesar do escândalo que a publicação das imagens causou, William e Kate continuam empenhados em representar da melhor forma a rainha Elizabeth II durante a visita à Ásia e ao Pacífico Sul, durante a qual já passaram por Cingapura, estando agora na Malásia e tendo ainda passagem prevista nas ilhas Salomão e Tuvalu.

Notícias Relacionadas