Governo persegue museu que cuida do Rolls-Royce de Dilma

CLÁUDIO HUMBERTO

O Museu do Automóvel de Brasília, que encerou e preparou o Rolls-Royce que conduziu a presidenta Dilma ao desfile de 7 de Setembro, já na segunda-feira seguinte (10) recebeu notificação para ser lacrado. Trata-se de ação movida pelo Ministério dos Transportes, que deseja instalar no prédio o “arquivo morto” de órgãos extintos em sua área. A ação liquida o museu, que é um dos mais representativos do País.

Acervo desabrigado – Além de veículos históricos, a biblioteca Museu do Automóvel de Brasília, de 8 mil volumes, é a mais completa da América Latina.

Alô, Dilma – Tentamos ouvir o Ministério dos Transportes, ontem, mas a assessoria alegou pelas 16h que já não havia ninguém “devido o horário”.

Última cartada – Uma das derradeiras esperança do Museu do Automóvel é a ministra Marta Suplicy (Cultura), que assumiu prometendo apoiar os museus. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas