Plínio Sampaio está entusiasmado com condenação dos mensaleiros

Plínio ficou sem abraço
Plínio ficou sem abraço
LAURO JARDIM

Candidato à presidência pelo PSOL em 2010, Plínio de Arruda Sampaio esteve hoje no STF.

Disse que está “muito entusiasmado” com as condenações em curso no mensalão e que queria dar um abraço nos ministros.

Em especial, Arruda Sampaio citou Joaquim Barbosa, a quem chamou de “colosso”, e Ayres Britto, pela “firmeza e cordialidade na condução do julgamento”.

Acontece que, sem tempo, e com o atraso diário dos ministros, Arruda Sampaio deixou a Corte por volta das 14h sem conseguir nem um aperto de mão. (Radar On-line)

Notícias Relacionadas