Papa Bento XVI pedirá fim do fornecimento de armas no Oriente Médio

AGÊNCIA ANSA

Beirute – Um dia antes da viagem do papa Bento XVI ao Líbano, o patriarca católico-maronita, Bishara al Rai, disse que o Papa irá pedir o fim do fornecimento de armas aos combatentes.

O Pontífice “evocará a cessão da espiral de violência e do ódio” na Síria e “irá pedir àqueles que financiam, ou armam uns aos outros, que parem”, informou Rai.

Há uma grande expectativa sobre as palavras que Bento XVI irá pronunciar sobre as questões sírias em relação ao futuro da numerosa comunidade católica no país.

O patriarca, chefe da igreja católica do Oriente Médio, afirmou que os cristãos da Síria estão do lado do Estado e são contra o regime de Bashar al Assad.

Rai lembrou que “cristãos e muçulmanos têm que se unir e trabalhar juntos para formar a base de uma verdadeira primavera árabe”.

AnsaLatina

Notícias Relacionadas