Após ‘flagra’, TIM jura seguir cartilha da Anatel

CLÁUDIO HUMBERTO

Presidente da Telecom Itália (controladora da TIM Brasil), Franco Barnabé disse ao vice-presidente Michel Temer, em Roma, que “tem muito interesse” no mercado brasileiro e que seguirá à risca as determinações da Anatel. A TIM foi flagrada enganando os clientes do plano Infinity, que pagam por ligação e não pela duração delas, derrubando os telefonemas de propósito para faturar mais.

Assalto – A Anatel atestou que, ao derrubar ligações dos clientes, forçando-os a fazer outras, a TIM faturou até R$ 4,1 milhões num só dia, em março.

Ainda reclama – Franco Barnabé se queixou a Michel Temer da dificuldade de obter licenças ambientais para instalar torres nos municípios.

De barriga cheia – Apesar dos 70 milhões de clientes no Brasil e do golpe das ligações derrubadas, Barnabé diz que “o brasileiro gasta pouquíssimo”.

Impunidade – Apesar do flagrante, a Anatel não interveio na TIM, nem determinou inquérito, processo etc. É como se nada tivesse acontecido. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. Daniel de Faria Pena

    Isso de fato acontece.
    Já disse uma vez – não aqui – e volto a repetir. A punição da ANATEEL pra operadora TIM ainda foi leve.
    Hoje tive que realizar mais de quatro ligações pra minha namorada porque a ligação caia direto, o sinal não estava ruim nem pra mim nem pra ela, mas as ligações caiam.
    Infelizmente quem fica na pior é nós consumidores. Mas não vou deixar minha voz se calar. Continuarei buscando por meus direitos e ver a TIM realmente fazer seus serviços valerem a pena.

Comentários estão suspensos