Obras do complexo viário para acesso ao estádio do Corinthians são iniciadas

Fernanda Cruz
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – Foram iniciadas hoje (12) as obras do complexo viário no entorno do estádio do Corinthians, conhecido por Itaquerão, que receberá jogos da Copa do Mundo de 2014. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, definiu prazo de 593 dias para a entrega das cinco obras que serão feitas no local. Segundo ele, as vias estarão abertas para o trânsito a partir de março de 2014.

O custo total das obras é avaliado em R$ 478,2 milhões, dos quais R$ 345,9 milhões serão de responsabilidade do estado e R$ 132,3 milhões da prefeitura.

Na última segunda-feira (10), representantes da Federação Internacional de Futebol (Fifa) e do Comitê Organizador Local (COL) visitaram as obras da arena do Corinthians. Segundo o Comitê Paulista da Copa, o Itaquerão está com 49% das obras prontas e a previsão é que a arena seja entregue em dezembro de 2013.

Nas proximidades do estádio, serão construídas duas novas avenidas. Uma ligará a Avenida Itaquera com a Radial Leste (Avenida José Pinheiro Borges) e a outra ligará a Avenida Miguel Inácio Cury às avenidas Itaquera e Norte-Sul. Próximo à Estação Corinthians-Itaquera do metrô, será construída uma via expressa em mergulho (pista subterrânea).

Numa segunda etapa de obras, que terá prazo de execução de 15 meses, serão feitas novas alças de acesso no cruzamento da Avenida Jacu Pêssego com a Radial Leste, com custo avaliado em R$ 75 milhões. Haverá no local, além disso, uma passarela de pedestres com vão livre de 110 metros, o maior de São Paulo, segundo Alckmin. Ao custo de 19 milhões, terá 185 metros de comprimento e 6 metros de largura.

Alckmin comentou que a cidade de São Paulo vai superar a exigência da Fifa com relação ao fluxo de passageiros no transporte público, de no mínimo 60 mil passageiros por hora. De acordo com o governador, na saída do Itaquerão viajarão 114 mil passageiros por hora. “Dá para esvaziar o estádio em 45 minutos”, disse.

A região próxima ao estádio irá se beneficiar também de implantação de escola técnica estadual (Etec), Faculdade de Tecnologia de São Paulo (Fatec), um shopping center e bases do Corpo de Bombeiros e das polícias Militar, Civil e Técnico-Científica.

Notícias Relacionadas