Anatel aprova planos de ação de telefonia móvel da Vivo, da Sercontel e da CTBC

Luciene Cruz
Agência Brasil

Brasília – A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou hoje (12) os planos de ação de melhoria do serviço móvel pessoal apresentados pelas prestadoras Vivo S/A, Sercomtel Celular S/A e CTBC Celular S/A. A medida foi autorizada em caráter preliminar e publicada no Diário Oficial da União.

Em julho, a agência reguladora suspendeu a venda de novas linhas das operadoras de celular que apresentaram o maior número de reclamação por unidade de federação. Obedecendo a esse critério, a TIM teve a comercialização suspensa em 19 estados. A Oi e a Claro foram proibidas de habilitar novas linhas em cinco e três estados, respectivamente.

A decisão da Anatel considerou o aumento crescente da taxa de reclamações de usuários registrada em sua central de atendimento relativa à qualidade da prestação do serviço, os registros dos sistemas da agência e as ações de fiscalização realizadas.

Mesmo sem terem a comercialização de novas linhas proibidas, a Vivo, a Sercomtel e a CTBC também tiveram que apresentar planos de melhoria. A TIM, Oi e Claro tiveram as vendas restabelecidas no dia 2 de agosto, quando encaminharam à Anatel medidas capazes de garantir a qualidade do serviço e das redes de telecomunicações, em especial quanto ao completamento e à interrupção de chamadas e ao atendimento dos usuários.

Todos os planos de melhoria foram aprovados em caráter preliminar e continuam sendo monitorados pela agência reguladora. O acompanhamento trimestral visa a verificar se o plano de qualidade tem sido cumprido conforme proposto nos documentos autorizados.

Notícias Relacionadas