Ruptura em linha de transmissão deixa Cuba sem energia elétrica

AGÊNCIA ANSA

Havana – A ruptura de “uma linha de transmissão de 220 mil volts” foi a causa do blecaute que atingiu grande parte de Cuba na noite deste domingo, segundo as informações oficiais.

A interrupção de energia deixou às escuras a capital Havana e grande parte das cidades no interior da ilha, entre as quais Pinar Del Río, Matanzas, Santa Clara e Camagey, situada a cerca de 600 km da capital.

Segundo a União Elétrica Nacional, o apagão teve início por volta das 20h locais (21h no horário de Brasília) do domingo e ainda “trabalham para solucioná-lo”. Em bairros de Havana o fornecimento de eletricidade foi retomado na madrugada desta segunda-feira, cerca de cinco horas após o corte.

Durante décadas, a ilha governada por Raúl Castro sofreu com cortes frequentes de energia. Após a crise causada com a queda da União Soviética, principal mercado de Cuba, os apagões chegavam a durar em torno de oito horas por dia.

A partir da década passada, foram instaladas no país unidades energéticas adicionais com o objetivo de apoiar o sistema elétrico nacional, evitando a ocorrência de blecautes.

AnsaLatina

Notícias Relacionadas