Chávez entra em fase final de campanha na disputa por mais um mandato presidencial

Renata Giraldi
Agência Brasil

Brasília – A menos de um mês das eleições na Venezuela, o presidente Hugo Chávez disse que está na “reta final para a vitória” que o consagrará. No poder há 13 anos, Chávez tenta mais um mandato presidencial na disputa com o candidato de oposição, Henrique Capriles Radonski. As eleições na Venezuela ocorrem no próximo dia 7.

Ontem (9), Chávez fez um comício e pediu o apoio dos simpatizantes para o que chamou de “nova fase de crescimento e fortalecimento econômico”. Segundo ele, sua vitória vai ser marcada pelo placar de um voto para a oposição a cada dez dados em seu favor. A meta, de acordo com o presidente, é atingir 10 milhões de votos.

Capriles porém, assim como Chávez, corre atrás dos indecisos que, de acordo com pesquisas eleitorais, são jovens e pertencem à classe média. “Eu espero a nossa vitória em 7 de outubro com não menos de 60% [dos votos]”, disse o presidente, que tenta seu terceiro mandato.

Chávez disse ainda que sua militância atua em três frentes: a primeira, que é a “temporada perfeita”, depois a “batalha perfeita”, no dia da eleição, e a terceira que será a “vitória perfeita”. De acordo com ele, a vitória de sua campanha impedirá tentativas de desestabilização do país.

O presidente criticou o adversário, ao dizer que ele é resultado de “dissimulação”. “O programa de um candidato burguês que esconde, nega e diz o contrário do que pensa”, disse Chávez, que usou as palavras fraude e ocultação no discurso, ao referir-se a Capriles. “Em 7 de outubro, vamos dar uma grande lição.”

Notícias Relacionadas