Wagner mantém na geladeira projeto que reajusta salários dos professores

O governo petista da Bahia continua procurando sarna para se coçar, justamente em ano eleitoral. O projeto que reajusta os salários dos professores da rede estadual de ensino ficou fora da pauta de votações da Assembleia Legislativa na última quarta-feira.

Leia também:

A previsão do próprio presidente da Assembleia, deputado Marcelo Nilo, era de que o projeto fosse votado até o final de agosto. Não foi. Motivo? O Executivo não cumpriu o compromisso de mandar o projeto para o Legislativo.

O líder do PT na Assembleia, deputado Zé Neto, informou que o projeto só deverá ser votado após as eleições, mas disse que os professores podem ficar tranquilos. E assim fica. O governo não quer se desgastar antes do pleito. Mas, devia aproveitar e desistir dos votos dos professores. (Triste Bahia)

Notícias Relacionadas