Santos tenta reabilitação diante do São Paulo que luta pelo G-4

São Paulo – Às 16h deste domingo, na Vila Belmiro, Santos e São Paulo realizam o clássico paulista da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na 14ª colocação, com 26 pontos, o clube alvinegro tenta se reencontrar com a vitória para não se afastar ainda mais de uma vaga para a Copa Libertadores da América. Já o time tricolor, na quinta posição com 35 pontos, tenta se aproximar ainda mais do G4.

Vindo de três derrotas consecutivas, o Santos tenta se reerguer diante deste clássico para sair da incômoda posição da tabela. Mas, o técnico Muricy Ramalho continua com problemas para escalar a equipe. Além de não contar com Neymar e Arouca, que servem a Seleção Brasileira, e com PH Ganso, no departamento médico, o time da baixada santista tem mais alguns desfalques.

O zagueiro Bruno Rodrigo, que levou o terceiro cartão amarelo contra o Fluminense, fica de fora desta rodada, e na lateral-esquerda, Juan também não entra em campo, por uma clausula no contrato que barra o jogador de enfrentar o São Paulo. Em seus lugares devem entrar David Braz e Léo, respectivamente. Este último se recupera de uma lesão na panturrilha e deve voltar aos gramados depois de longo período.

Do lado do São Paulo o técnico Ney Franco tem duas ausências para a partida. Lucas, também serve a Seleção Brasileira e o meia Maicon, cumprindo suspensão automática, deixam o time neste jogo. Com isso, o comandante do time da capital testa várias opções para compor o meio de campo.

Casemiro, Cícero e o atacante Ademilson fizeram um rodízio nos treinamentos da semana e disputam uma vaga no meio de campo. No ataque, Osvaldo deve ser mantido ao lado de Luis Fabiano. O camisa nove do São Paulo afirma que ele e seus companheiros não podem perder oportunidades e devem ir com força máxima para o ataque. “Neste tipo de jogo, não adianta a gente ficar esperando, temos de ir para frente. Vamos jogar de igual para igual e tentar surpreender o Santos na Vila”, revelou ao site oficial do clube.

Santos: Rafael; Bruno Peres, David Braz, Durval e Léo; Adriano, Ewerton Páscoa, Gérson Magrão e Felipe Anderson; Pato Rodriguez e André.
Técnico: Muricy Ramalho.

São Paulo: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Tolói, Rhodolfo e Bruno Cortez; Paulo Assunção, Denilson, Jadson e Cícero; Osvaldo e Luis Fabiano.
Técnico: Ney Franco.

Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza;
Assistentes: Marcio Luiz Augusto e Anderson J Moraes Coelho;
Quarto árbitro: Marcelo Prieto Alfieri;
Assistentes adicionais: Thiago Duarte Peixoto e Flavio Rodrigues de Souza;
Data: dia 09 de setembro às 16h;
Local: Estádio Urbano Caldeira, em Santos.

Notícias Relacionadas