Bahia massacra e humilha o Vasco em pleno São Januário com goleada de 4 a 0

Bem marcado, o atacante Alecsandro nada produziu (Foto: CRVasco da Gama/Reprodução)

Com uma atuação irretocável, o Bahia massacrou o Vasco da Gama em pleno Estádio São Januário. O time cruzmaltino, que saiu de campo debaixo de vaias de sua torcida, foi goleado e humilhado por 4 a 0. Os gols dos baianos foram marcados por Souza (dois) e Jones Carioca (dois). Com o resultado, o tricolor baiano se afatou definitivamente da zona de rebaizamento, passando a somar 27 pontos, na 14º colocação. Na próxima rodada, o Bahia pega o Sport, na Ilha do Retiro, na quarta-feira (12).

Já o Vasco permaneceu em quarto lugar, com 39 pontos, dois a mais que o Botafogo. O Vasco volta a campo na próxima quarta-feira (12), às 21h50, quando recebe o Palmeiras, em São Januário.

O primeiro gol da partida saiu aos 40 minutos do primeiro tempo. Jones, após contra-ataque rápido, passou pela marcação e cruzou na medida para Souza, de cabeça abrir, o placar.

No segundo tempo, o Bahia veio para campo jogando ainda melhor. Aos quatro minutos, Jones, após cruzamento rasteiro de Zé Roberto, mesmo se atrapalhando, conseguiu empurrar para o fundo das redes. Após o gol, o Vasco teve que se abrir e acabou proporcionando contra-ataques fulminantes ao Bahia.

Aos 12, Souza lançou Jones, que saiu de cara com o gol, driblou Fernando Prass e apenas rolou a bola para o fundo das redes, ampliando para 3 a 0. Aos 15, Cristovão tentou arrumar o setor defensivo vascaíno, colocando Eduardo Costa no lugar do Eder Luis. A mudança surtiu efeito, o Vasco ficou melhor organizado em campo e, aos 21, quase diminuiu o placar com Tenorio, que recebeu grande passe de Juninho, mas finalizou por cima do gol.

A pressão vascaína durou pouco. Aos 25, mais um gol do Bahia. Souza recebeu ótimo cruzamento Hélder e tocou na saída de Fernando Prass. Após o gol, o Bahia tomou conta do jogo, se fechou e ficou trocando passes, o que complicou a vida dos cruz-maltinos. Sem acréscimos, Raphael Claus encerra a partida.

Ficha Técnica
VASCO 0 X 4 BAHIA

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 09/09/2012 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Roberto Braatz (PR/FIFA) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
Cartões amarelos: Fahel (Bahia)
Cartões vermelhos: Jonas (Vasco)
Gols: Souza, 40/1ºT (0-1); Jones, 4/2ºT (0-2) e 12/2ºT (0-3); Souza, 24/2ºT (0-4);

VASCO: Fernando Prass, Jonas, Luan, Douglas e Fabrício; Nilton, Fellipe Bastos, Jhon Cley (Tenorio, intervalo) e Juninho; Eder Luis (Eduardo Costa, 15/2ºT) e Alecsandro. Técnico: Cristóvão Borges.

BAHIA: Marcelo Lomba; Neto, Danny Morais, Titi e Jussandro; Fahel (Kléberson, 31/2ºT), Diones, Hélder e Zé Roberto (Mancini, 19/2ºT); Jones (Elias, 30/2ºT) e Souza. Técnico: Jorginho.

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 09/09/2012 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Roberto Braatz (PR/FIFA) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
Cartões amarelos: Fahel (Bahia)
Cartões vermelhos: Jonas (Vasco)
Gols: Souza, 40/1ºT (0-1); Jones, 4/2ºT (0-2) e 12/2ºT (0-3); Souza, 24/2ºT (0-4);

Notícias Relacionadas