Atlético-MG bate o Palmeiras e segue perseguindo o líder Fluminense

O Atlético ainda tem um jogo válido pela 14ª rodada do primeiro turno para disputar, contra o Flamengo, dia 26 de setembro, no Rio de Janeiro.
Belo Horizonte – Ainda buscando fugir da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras foi até Belo Horizonte enfrentar o Atlético-MG neste domingo (9), e o Palmeiras perdeu por 3 a 0. Este resultado deixa o Palmeiras em 18º lugar, com 20 pontos, enquanto o Atlético/MG permanece na vice-liderança, com 48.

O jogo começou com as duas equipes buscando espaço no campo de jogo para criar as jogadas, apostando na movimentação de seus jogadores de meio-campo. Bernard tentou o cruzamento para a área e a defesa palmeirense fez o corte.

João Vitor partiu com a bola pelo meio, fez o passe para Juninho na esquerda, que cruzou rasteiro para Obina chegar e empurrar a bola, mas para fora. Aos 13, em cobrança de falta, Bruno saiu do gol e deixou a bola para Bernard chegar batendo, mas Thiago Heleno fez o corte. No rebote, o jogador do Galo novamente arriscou e Obina, como um zagueiro, afastou a bola da área.

Guilherme tentou o chute aos 16, mas a bola bateu no zagueiro palmeirense. Aos 20, Obina chegou a marcar o que seria o primeiro gol da partida, mas a arbitragem anulou o lance marcando impedimento. Ronaldinho Gaúcho bateu falta pouco depois e Leandro Amaro tirou a bola da área.

O jogo era muito brigado, com as duas equipes usando a marcação para tentar ficar com a bola. Aos 33 minutos, em cobrança de escanteio, Guilherme deu um toque na bola e ela passou com perigo pelo gol de Bruno.

Aos 35, Valdívia bateu colocado e colocou a bola por cima do gol de Victor. Depois, Luan chegou para cabecear bola cruzada na área por Tiago Real e o goleiro do Atlético saiu do gol para defender. Bernardo bateu rasteiro para o gol e Bruno fez a defesa.

No começo do segundo tempo, Bruno evitou se complicar em bola lançada para a área e a mandou para fora. O Palmeiras respondeu na tentativa de Luan para Obina, que ficou nas mãos de Victor. Marcos Rocha teve a chance de marcar o gol aos cinco minutos, depois de passe de Ronaldinho Gaúcho, mas não conseguiu finalizar bem.

Bernard foi lançado na área aos seis minutos e Bruno conseguiu espalmar a bola. No escanteio, Leonardo Silva subiu e usou a cabeça para abrir o placar do Independência para o Galo.
O Palmeiras então foi a frente, tentando o empate, teve algumas chances, mas acabou tomando o segundo em um contra-ataque, aos 38, através de Bernard. Nos acréscimos, aos 47, Bernard fez o segundo dele no jogo e fechou o placar no estádio Independência.

O Palmeiras joga novamente fora de casa na próxima rodada, contra o Vasco. O Atlético-MG será anfitrião pelo segundo jogo seguido, contra o São Paulo.

Atlético-MG 1 x 0 Palmeiras

Local: Independência, Belo Horizonte (MG);
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS);
Assistentes: Rodrigo Pereira Jóia (RJ) e Marcelo Bertanha Barison (RS);
Assistentes Adicionais: Felipe Gomes da Silva (RJ) e Rodrigo Carvalhaes (RJ)

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Guilherme (Serginho), Rafael Marques e Junior Cesar; Pierre, Leandro Donizete (Escudero), Ronaldinho Gaúcho e Danilinho (Leonardo); Bernard
Técnico: Cuca.

Palmeiras: Bruno; Artur (Márcio Araújo), Leandro Amaro, Thiago Heleno e Juninho; Correa, João Vitor (Patrik), Valdivia e Tiago Real (maikon Leite); Luan e Obina.
Técnico: Felipão.

Gols: Leonardo Silva (ATLMG), 07’ 2T, Bernard (ATLMG), 38’ 2T e 47’ 2T.

CA: Thiago Heleno (PAL), João Vitor (PAL), Valdívia (PAL); Guilherme (ATLMG)

Notícias Relacionadas