Barco com 45 turistas vira no Rio Negro, em Manaus

Uma embarcação com 45 turistas — entre eles brasileiros e estrangeiros — virou sexta-feira, por volta das 15h, no rio Negro, em Manaus, ao ser atingida por uma forte ventania. Segundo a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros, o acidente deixou 13 feridos, sobretudo pessoas com fratura de membros superiores e cortes por cacos de vidros. Todos foram encaminhados para hospitais da capital do Amazonas.

O barco do acidente é da empresa Ariaú Amazon Towers e conecta dois hotéis de luxo da região: o Tropical Manuas e o próprio Ariaú, considerado um hotel de selva.

Em entrevista ao site G1, o tenente Gama, do Corpo de Bombeiros local, contou que o vento e a chuva “fizeram com que as vidraças da embarcação fossem quebradas, e ela virasse”. Ainda disse que o barco que tombou a mil metros da Praia da Lua “é novo e bem estruturado”.

Fontes do Tropical Manaus informam que todos os turistas foram resgatados e que passarão a noite no hotel à espera da possível recuperação de pertences, que será feita hoje.

Os turistas americanos Thomaz e Mike Constable, pai e filho, respectivamente, contaram ao “A Crítica” que um bote salva-vidas do próprio barco foi usado por mulheres e crianças e que eles conseguiram sobreviver porque usavam coletes na hora do acidente.

Segundo os Constable, uma das vítimas pediu socorro por celular e, em cerca de 30 minutos, embarcações que estavam nas redondezas se aproximaram para iniciar o resgate.

— Muitos ficaram com ferimentos nos braços e nas pernas — contou Mike Constable ao site do jornal local. (O Globo)

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. Adelson Bastos

    Como Manauara, lamento profundamente acidentes com embarcações caindo aos pedaços navegando pelo nossos rios.Felizmente o naufrágio da embarcação supra, ocorreu pelo forte temporal e graças a Deus não houve vítimas fatais. Capitania dos Portos faça fiscalização mais severa encima dos aproveitadores, senão mais acidentes irão acontecer, renome armadores suas embarcações senão os turistas vão deslocar seus iates dos seus países. Pau neles ahahahahahahaha

Comentários estão suspensos