Renault cresce 41,1% no acumulado do ano

Com 27.903 unidades emplacadas, a Renault fechou o último mês com mais um excelente resultado comercial registrando recorde de emplacamentos. O resultado mensal é 58,3% superior a agosto de 2011. No acumulado do ano, a Renault fechou com 161.372 veículos emplacados, volume 41,1% maior em relação a 2011, enquanto o mercado cresceu 7% impulsionado pela redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). O resultado coloca a Renault mais uma vez entre as marcas que mais cresceram no Brasil em 2012.

Com esses números, a Renault registra uma participação de mercado acumulada de 6,8% e figura como a marca que mais cresceu em pontos percentuais (crescimento de 1,64 pp vs 2011, quando a participação de mercado acumulada era de 5,1%).
“O resultado é mais uma demonstração de que a Renault segue firme em sua estratégia de crescimento voltada para ampliação da rede comercial – que hoje já conta com 212 concessionárias em todo o País -, expansão da capacidade produtiva e oferta cada vez mais ampla e renovada de sua gama de produtos”, afirma Olivier Murguet, presidente da Renault do Brasil.

O bom desempenho do mês se deve aos sucessos de vendas dos modelos Sandero (11.744), Duster (5.049), Logan (3.683) e Fluence (1.841). Os emplacamentos de automóveis foram responsáveis por uma alta de 61,4% em relação à agosto de 2011. Entre os comerciais leves, destaque para o Master (823 unidades) e o Kangoo (438) que, juntos, foram responsáveis por um aumento de 13%% nos emplacamentos de utilitários em relação ao mesmo mês do ano passado.

Notícias Relacionadas