Retração da indústria leva demanda de energia a crescer menos em agosto

Nielmar de Oliveira
Agência Brasil

Rio de Janeiro – A demanda por energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN) cresceu 2% em agosto deste ano, em relação a agosto do ano passado. Quando a comparação é feita com o mês de julho deste ano, o crescimento chega a 2,5%.

Os dados fazem parte do Boletim de Carga Mensal de agosto e foram divulgados hoje (6) pelo Operador Nacional do Sistema (ONS), em sua página na internet. Eles indicam que a energia elétrica demandada ao SIN, nos últimos 12 meses, expandiu 3,5%, quando comparada aos 12 meses imediatamente anteriores.

O baixo crescimento da demanda em agosto, na avaliação do ONS, foi influenciado negativamente pelo “menor dinamismo do setor industrial, que, apesar das medidas de estímulo do governo, vem operando abaixo de sua capacidade, em decorrência das incertezas existentes no cenário de crise econômica internacional”.

Ainda na avaliação do ONS, o efeito da contração da demanda industrial resultou, consequentemente, na redução da carga de energia elétrica, com maior influência no Subsistema Sudeste/Centro Oeste (SE/CO), cuja carga industrial representa cerca de 60% do consumo industrial total do sistema.

O ONS, no entanto, ressalta o fato de que o nível de utilização da capacidade instalada da indústria (Nuci), apurado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), atingiu 84% em agosto, neste caso acusando uma pequena expansão ante os 83,7% registrados em julho. Esse fator, na avaliação do ONS, pode estar indicando “uma possível melhora da atividade da indústria”.

Para o Subsistema Sudeste/Centro-Oeste, os valores de carga de energia verificados em agosto deste ano ocasionaram uma variação positiva de 1,1% em relação aos valores do mesmo mês do ano anterior.

Com relação ao mês de julho de 2012, verifica-se uma variação positiva de 2,9%. No acumulado dos últimos 12 meses, o Subsistema Sudeste/Centro-Oeste apresentou uma variação positiva de 2,7% em relação ao mesmo período anterior.

Notícias Relacionadas