Câmara pode votar hoje a MP do Código Florestal

Ivan Richard
Agência Brasil

Brasília – Mesmo sem acordo, o presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), disse que vai colocar em votação hoje (5) a Medida Provisória 571 do Código Florestal. O petista se isentou de responsabilidade na negociação para um possível acordo e disse que essa é uma tarefa do governo.

“Sou apenas presidente da Câmara. A minha tarefa é a de colocar as pautas de votação”, resumiu Marco Maia. “Não tenho nenhuma responsabilidade com negociações que deverão acontecer durante o dia de hoje para a viabilização da votação da Medida Provisória 571. Isso é tarefa do governo. Conversar com os líderes e exercer o seu tamanho dentro da Casa”, disse o presidente da Câmara.

Maia, no entanto, se dispôs a colaborar para o entendimento. “O que eu puder fazer no sentido de contribuir ou de ajudar para que haja um entendimento, eu farei”, afirmou.

Notícias Relacionadas