Conta de luz será pré-paga como a do telefone celular, anuncia Aneel.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) quer instituir no início do próximo ano a venda pré-paga de energia elétrica em todo o país. O sistema funcionará de maneira semelhante ao do celular pré-pago, que já conquistou 80% dos usuários.

A agência faz no momento consulta pública para finalizar a regulamentação do sistema. Pela norma, a mudança deve ser gratuita para o cliente. A concessionária instalará um novo medidor, que mostrará a evolução dos gastos e o crédito remanescente.

Não deverá haver limite para a quantidade de recargas. Cada aquisição pode começar com 1 kWh -que custa hoje cerca de R$ 0,50 e é o equivalente a uma lâmpada fluorescente compacta (com iluminação semelhante à da incandescente de 60 W) ligada cerca de duas horas por dia, durante um mês.

Quando o saldo estiver prestes a terminar, o equipamento dispara um alarme visual e sonoro. A recarga poderá ser feita pela internet, por telefone e em pontos de venda cadastrados.

A participação das concessionárias é opcional, e as que aderirem terão até três anos para implantar o sistema.

Para a Aneel, as vantagens são reduzir a inadimplência, economizar mão de obra na medição e gastar menos com o envio de faturas. A agência não divulgou, porém, o número de distribuidoras que já manifestaram interesse no sistema.(Júlia Borba, Folha.com)

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. mauro marconi

    Todas as vantagens para as distribuidoras, NADA para os consumidores!!

Comentários estão suspensos