São Paulo antecipa comemoração do 7 de Setembro

Elaine Patricia Cruz
Agência Brasil

São Paulo – A apresentação do Auto da Independência deu início às comemorações do 7 de Setembro em São Paulo. Atores famosos encenaram o Grito da Independência no mesmo local onde D. Pedro I proclamou a independência política do Brasil em relação a Portugal.

“Estamos resgatando um pouco da nossa história e de pessoas que tiveram a coragem de romper com o poder para fazer o Brasil independente”, disse o diretor do espetáculo Nelson Baskerville, em entrevista à Agência Brasil.

“A peça ressalta muito a importância de D. Pedro, José Bonifácio e Maria Leopoldina. Além do D. Pedro I herói, tem também o D. Pedro humano, mostrando o conflito que ele enfrenta em romper com o próprio país e seu pai para libertar o Brasil”, disse Baskerville.

Para o papel de D. Pedro foi convidado o ator Murilo Rosa. No papel de sua esposa, Maria Leopoldina, a atriz Deborah Secco e, interpretando José Bonifácio, o ator Renato Borghi.

Fabiana de Jesus assistiu peça. “Achei muito boa, muito inteligente”, comentou a médica. O industriário José Fonseca, que esteve com a família vendo o primeiro ato, considerou a peça cômica. “Cenograficamente estava muito bonita. Bem cômica. Desde a descoberta do Brasil e tudo o que foi feito até hoje, tudo é cômico”, disse ele.

Acompanhada pelas netas, a aposentada Rosiris Donke gostou do fato de a peça retratar um pedaço da história do país. “O Brasil está esquecido do seu passado. Para mim está valendo a pena. Está muito bem organizado”, disse ela.

Notícias Relacionadas