Corinthians desafia hoje a confiança do líder Atlético de Minas

São Paulo – Pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians recebe o líder Atlético Mineiro neste domingo, às 16h, no estádio do Pacaembu. Na 12ª colocação, o time de Parque São Jorge somou apenas um ponto em três partidas, quando empatou por 1 a 1 com o Fluminense na última quarta-feira. Os mineiros também empataram na rodada do meio da semana e agora precisam da vitória para continuar no topo da tabela.

No Corinthians, o goleiro Cássio vislumbra um jogo complicado pela frente. “Não tem nenhum time invencível. Eles são líderes, será um jogo dificílimo. Estamos jogando em casa e precisamos impor nosso ritmo para mostrar nossa força. Os dois não vêm de resultado positivo então acho que vai ser jogo bem disputado”, disse ele.

O único desfalque do Técnico Tite é o lateral-esquerdo Fábio Santos, suspenso pelo terceiro cartão amarelo recebido no jogo contra o Fluminense. Assim, a vaga deve ficar com Denner ou Chiquinho. Porém, o treinador poderá contar com o zagueiro Paulo André, retornando de suspensão e com o atacante Paolo Guerrero, que estava lesionado e voltou a treinar com o time esta semana.

Já a equipe mineira vem completa para o jogo. Após cumprir suspensão, voltam a ficar a disposição do técnico Cuca o meia Bernard e o volante Pierre.

O lateral-esquerdo Júnior César lamenta o empate com a Ponte Preta e quer o time focado na sequência do campeonato. “Considerávamos certa esta vitória, mas não aconteceu. Temos de ter equilíbrio, assim como a gente tem quando conquista os três pontos. Vacilamos em casa, perdemos ponto bobo, mas ainda estamos na ponta da tabela. Está começando o segundo turno. Agora é ter um pouco de equilíbrio e buscar mais e mais dentro do campeonato” afirmou.

Ficha técnica

Corinthians: Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Denner (Chiquinho); Ralf, Paulinho, Danilo e Douglas; Emerson Sheik e Romarinho (Guerrero).
Técnico: Tite.

Atlético (MG): Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Júnior César; Pierre, Leandro Donizete, Danilinho, Ronaldinho Gaúcho e Bernard; Jô.
Técnico: Cuca.

Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (FiFA/RJ);
Assistentes: Altemir Hausmann (FIFA – RS) e Fábio Pereira (TO);
Quarto árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP);
Local: estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu;
Data: domingo, 02, às 16h.

Notícias Relacionadas