Casagrande desabafa: “Sou um impotente frente às drogas”.

Casagrande tenta atualmente a ascensão ao equilíbrio, declarando ser impotente frente ao oponente.(Foto: Reprodução)
Depois de sofrer derrotas consecutivas durante três décadas, Walter Casagrande Júnior vem tentando há dois anos virar o placar, conquistando vitórias diárias com ajuda de auxiliares em uma competição sem prazo de encerramento. O comentário resume o empenho e técnica adotada para evitar o ataque do adversário: as drogas.

“Se saio sozinho, estou num bar tomando um chopp com os amigos e tenho vontade de ir num banheiro, eu fico receoso. É no banheiro que as pessoas usam cocaína quando estão no bar. Eu então evito. Pego meu carro e vou até minha casa. Sempre que saio sozinho, fico ao redor da minha casa. É meio desgastante esta preocupação, mas eu prefiro não correr o risco”.

Da posição de um provável rebaixamento definitivo, após sofrer quatro overdoses entre 2005 a 2007 pelo uso de cocaína e heroína, o ex-jogador da Seleção, ídolo da torcida corintiana e comentarista de futebol da Rede Globo tenta atualmente a ascensão ao equilíbrio, declarando ser impotente frente ao oponente.

“Sou um derrotado perante a droga”, diz ele. A admissão é o primeiro passo para se livrar do vício que esteve presente em 60% de sua existência e que culminou em um acidente quase impensável: há cinco anos, em setembro de 2007, ele capotou o veículo que dirigia e atingiu vários carros parados em uma tranquila rua da Vila Romana, na zona oeste da capital paulistana.

Visivelmente alterado, ele foi levado para um hospital, no qual permaneceu durante três dias em estado de confusão mental. Dali, Casão, apelido pelo qual os amigos lhe chamam, seguiu para um internamento compulsório em uma clínica de recuperação de Itapecerica da Serra (SP), onde passou um ano se preparando para retornar. (Carlos Ohara,Portal Terra)

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. Anail

    Casão, que foi um craque de bola nos anos 80;com um toque afinado, goleador nato, um dos grandes centroavantes que já vi jogar, marca um gol diariamente quando admite que é um fracasso perante outro “craque”,( AS DROGAS). É isso mesmo Casão, ser herói, só dentro da nossa consciência, que é o que vc está fazendo. Força amigo vc vai vencer, confie em DEUS!!

Comentários estão suspensos