Aldo ironiza participação de Marina Silva na abertura dos Jogos Olímpicos

CLÁUDIO HUMBERTO

O ministro Aldo Rebelo (Esporte) ironizou neste sábado (28) a participação da ex-ministra Marina Silva na abertura dos Jogos Olímpicos de Londres. Segundo ele, não é o governo quem escolhe a pessoa que vai levar a bandeira olímpica e sim a Casa Real.

“Não podemos determinar quem a Casa Real vai convidar, fazer o quê?”, ironizou. “A Marina Silva sempre teve boas relações com a aristocracia europeia”, justificou.

A ex-ministra foi convidada pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) para fazer parte da cerimônia de abertura que aconteceu ontem (27) e pegou a comitiva brasileira de surpresa – inclusive a presidenta Dilma Rousseff.

Para o COI, Marina Silva mereceu ser convidada, já que “luta contra a destruição da floresta brasileira”, além de “enfrentar a oposição política e o assassinato de seu colega Chico Mendes”. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas

6 Comentários

  1. MARIA DAS MERCES SOARES ANDRADE

    BELISSIMO! Melhor representante o Brasil no momento não tem.

  2. Francisco Amaral

    O ministro tb disse que o Brasil deveria ter sido consultado… que tolice sem tamanho, um governo petista que persegue seus adversários mesmo que sejam pessoas dignas e os roubam a possibilidades de aparecerem como brasileiros para o mundo por seus méritos próprios… o ministro deveria pensar antes de falar…

  3. Greice Villar

    É patética a declaração do Aldo. Claramente despeitado com a rasteira que levou pelo reconhecimento a um trabalho verdadeiro e significativo como o da Marina. Quanto ao ministro… a Fifa e o COI que sabem dele.

  4. Rogerio

    Engraçado esse Aldo, ele esqueceu que é comunista e vive de mãos dadas com os Latifundiários??

  5. Aires

    kkkkk… Toma Brasil. Mariana é do mundo! A cara da Dilma, queria ler os pensamentos dela!! kkkkkk

Comentários estão suspensos