Companhias de balé do Canadá e Tocantins se apresentam em evento internacional

Stênio Ribeiro
Agência Brasil

Brasília – As companhias de balé Lamondance, do Canadá, e Contágius, de Palmas (TO), se apresentam na noite de hoje (14) no 22º Seminário Internacional de Dança de Brasília, às 21 horas, na Sala Villa Lobos do Teatro Nacional.

Professores e bailarinos de diferentes países estão reunidos desde o domingo passado (8) em preparação para o espetáculo de hoje (14), que será reapresentado amanhã (15).O seminário ocorre todos os anos e já virou tradição no país, de acordo com Gisèle Santoro, diretora artística do encontro.

O seminário segue até o próximo dia 29 com aulas de diversos tipos de dança durante a semana e espetáculos aos sábados e domingos na Sala Martins Pena, também no Teatro Nacional, e no Centro de Dança do Distrito Federal. No circuito alternativo, estão programadas apresentações de grupos menores em palcos montados noshopping Conjunto Nacional, metrô, em cidades próximas à capital federal. Na área externa do centro de dança, haverá o “Arraiá Candango” no próximo dia 27.

Promovido sempre nas férias escolares do primeiro semestre do ano, o seminário é gratuito. Pela primeira vez, a bailarina paranaense e radicada há 15 anos em Paris, Evandra Martins, de 33 anos, participa do evento como professora. Ela destaca que “os bailarinos brasileiros têm muita força de vontade, garra e talento”, características consideradas fundamentais para o bom desempenho na dança e que chamam a atenção dos profissionais estrangeiros.

Nos últimos 21 anos do seminário, foram ofertadas 350 bolsas de estudo em academias de dança da Alemanha, França, Áustria, Espanha, do Canadá e dos Estados Unidos. A organização do evento também concede prêmios, que variam de R$ 500 a R$ 5 mil, aos vencedores nos concursos de apresentações solo, de dupla ou em grupo, além de coreografia e ensaiador.

Notícias Relacionadas