Capa » Blogs » Blog do JM » PT orienta deputados a atacar ministros na CPI do Cachoeira

PT orienta deputados a atacar ministros na CPI do Cachoeira

CLÁUDIO HUMBERTO

Reportagem de Veja desta semana revela a existência de um documento, que teria sido preparado por petistas, para guiar as ações dos companheiros que integram a CPI mista do Cachoeira, com uma lista de alvos preferenciais do PT, entre eles Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), e Roberto Gurgel, procurador-geral da República.

Segundo a publicação, os alvos do guia de ação são os oposicionistas, a imprensa e membros do Judiciário que, de alguma forma, contribuíram ou ainda podem contribuir para que o mensalão seja julgado.

Conforme a revista, o documento foca em especial Gilmar Mendes, a quem Lula teria tentado constranger, sem sucesso, para adiar o julgamento do mensalão. Seriam dedicados a Mendes quatro tópicos: ‘O processo da Celg no STF’, ‘Satiagraha, Fundos de Pensão, Protógenes’, ‘Filha de Gilmar Mendes’ e ‘Viagem a Berlim’.

O líder do PT na Câmara, Jilmar Tatto, nega a existência de qualquer documento orientando a atuação dos deputados. Tatto afirmou que os documentos assinados pela liderança do PT são assinados por ele e, por isso, reiterou que não existe qualquer orientação. (Coluna de Cláudio Humberto)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


dois + 4 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>