Pedreiro que estuprava enteada de 12 anos está preso em Feira de Santana

A delegada Márcia Pereira informa que, durante o depoimento, o suspeito confessou o crime e ainda relatou que desvirginou a adolescente há cerca de um ano (Foto: Reprodução/Acorda Cidade)
Salvador – O ajudante de pedreiro Edilson Jesus dos Santos, 27 anos, foi preso na noite de ontem (10) no município de Tucano, localidade de Jorrinho, acusado de estuprar a sua enteada, uma menor de 12 anos. A delegada Márcia Pereira, titular da Delegacia do Menor Infrator (DAI) relatou que o fato ocorreu em Feira de Santana e que o homem fugiu para Jorrinho quando a mãe da menor descobriu e o denunciou.

A delegada informa que, durante o depoimento, Edilson confessou o crime e ainda relatou que desvirginou a adolescente há cerca de um ano. Ele relatou que os abusos eram praticados quando a família não estava em casa. O suspeito convive com a mãe da vítima há pelo menos um ano, e desde então, teria começado a assediar a enteada, segundo a polícia.

“A mãe dessa menina 12 anos encontrou a filha mantendo relação com o ajudante de obras que era seu companheiro. Desde o mês de junho do ano passado que os estupros vinham ocorrendo, mas a mãe relatou que não percebia”, disse a delegada ao site Acorda Cidade, de Feira.

A prisão de Edilson Jesus foi efetuada após uma denúncia anônima informando que o acusado estava escondido na casa da mãe dele na localidade de Jorrinho, município de Tucano.

A delegada Márcia Pereira explicou que apesar do ato sexual ter ocorrido com consentimento da menor, o fato se caracteriza como estupro a vulnerável, pois a menina tem apenas 12 anos e de acordo com a lei, ainda não tem discernimento completo.

“A menor nunca teve contato com homem nenhum e ele falava que quando ela completasse 14 anos ele a tiraria de casa. A vítima ainda não tem discernimento completo e a lei a protege, então é estupro confirmado, inclusive ele confessa. Quando o ajudante de obras começou a manter relação sexual com a menor, ela ainda tinha 11 anos”, relatou.

Edilson Jesus dos Santos, que reside em Feira de Santana e vivia há cerca de um ano com a mãe da menor, está preso e segundo a delegada, o caso já está sendo apreciado pela juíza. O flagrante foi efetuado e ele deve responder na prisão.

Notícias Relacionadas