Capa » Bahia » Cotidiano » Jornalista de Feira de Santana é obrigada a fazer sexo oral em bandido

Jornalista de Feira de Santana é obrigada a fazer sexo oral em bandido

Salvador – Uma jornalista de 39 anos registou uma queixa de abuso sexual na manhã de segunda-feira (30), em Feira de Santana, a 108 Km de Salvador.

Durante depoimento na 2ª delegacia, ela informou que por volta das 16h30 de domingo (29), saiu da casa de uma amiga, na avenida Maria Quitéria, e ao chegar próximo a casa de show Massapê, foi surpreendida por um homem armado e vestido de preto que a ameaçou de morte caso não o acompanhasse.

Ele pegou na mão dela e a levou para um matagal no bairro Queimadinha. Lá, segundo a vítima, ela foi forçada a tirar a roupa e obrigada a fazer sexo oral, enquanto ele fazia carícias e dizia que não iria estuprá-la por que nunca cometeu tal crime.

Em seguida, o homem pegou R$ 15 da jornalista e ameaçando-a novamente de morte pegou na mão dela para sair do matagal e evitar que alguém percebesse o ocorrido.

A vítima informou ainda, que após ser liberada pelo marginal, que ainda não foi identificado, o viu levando outra mulher para o mesmo local. (Site Acorda Cidade)